blog

WEST SIDE HISTORY

Como comentei antes em O Beco do Pesadelo, boas histórias, bons filmes e bons textos são atemporais.

West Side History ou Amor Sublime Amor, como foi conhecido em 1961 é um grande sucesso mundial, talvez um dos musicais mais famosos, primeiro no teatro e logo em seguida ganhou as telas, mas talvez você não saiba por não ter visto nenhuma das duas versões, mas West Side History é baseado em Romeu e Julieta.

Aqui é importante ressaltar que o diretor Steven Spielberg ganhou de seu pai o disco com a trilha sonora deste musical que o fascinou pela vida toda e agora fez a versão que é muito boa! Mas sem spoilers.

Indo para nosso assunto aqui a Direção de Fotografia do Janusz Kamiński, ganhador do Oscar de Direção de Fotografia por A Lista de Schindler e o Resgate do Soldado Ryan, isto fala tudo!

Mas neste filme, seu trabalho esta perfeito, extremamente em conformidade com a história e desenrolar dela, porem, aqui a fotografia e a iluminação, entram se posso dizer isto, um passo a trás da cenografia perfeita, que reconstruí uma Nova Iorque dos anos 60, com paisagem urbana, um cenografia que abraça os personagens, a historicidade é muito importante, então eu diria que a iluminação é muito próxima do que fazemos para a iluminação arquitetural e aqui soma se uma iluminação que destaca a interpretação e profundidade de todo aquela energia jovial.

A iluminação é perfeita? Sim é, mas tecnicamente. Meu comentário é sempre em cima da iluminação enquanto importância no filme.

Especificamente em West Side History penso que a iluminação vem atrás da cenografia e da música, falando apenas das partes técnicas, não comento interpretações, não é o foco, embora o texto dado a cada personagem dá subsídio para desenvolvimento da fotografia e da iluminação.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Shape

Você também vai gostar de ler